Projeto SUPERMOUSE TX-100W

  • Imprimir

capa

 Esquema e textos atualizados em 29/03/2013


Para quem não é dessa época, o personagem é de um antigo desenho animado, um ratinho pequeno mas forte pra caramba que dava surras homéricas em enormes gatos.

Dado o recente interesse que o pessoal tem demonstrado por montagens AM baseadas em transistores MOSFET baratos, e mesmo existindo alguns bons projetos na Internet, resolvi dar minha contribuição propondo um transmissor de AM pequeno e leve mas com uns 100W de portadora, porque a vida é muito curta para QRP.

A ideia é ter um “bloco de potênciacontendo amplificador de RF e fonte, em torno do qual os colegas possam montar seu transmissor anexando VFO, dial, sintonia de antena, medidores, tratamento de áudio, gabinete e até construir um multibanda.

A descrição a seguir não entra na parte construtiva, porque o protótipo ainda está no estágio dearanha”, montado ponto-a-ponto sobre uma placa de circuito impresso. Assim que estiver pronta a placa final, publicarei as instruções de montagem, e depois, caso haja interesse, uma descrição dos cálculos e programas de computador utilizados.

 


O projeto parte das seguintes premissas:

1-      Bom desempenho: Cobertura da parte AM das faixas, com 100% de modulação e sem distorções e espúrios, em conformidade com as exigências da Anatel.

2-      Disponibilidade de peças: Nada de peças difíceis de obter ou de construir, sempre que possível “acháveis” na Santa Ifigênia ou pela Internet.

3-      Facilidade de montagem: Circuito impresso, componentes normais, caixa padrão, sem ajustes que necessitem instrumentos sofisticados ou grandes conhecimentos de eletrônica.

4-      Alta eficiência: além de ecologicamente correto, este item permite a dispensa de dissipadores e ventiladores, diminuindo tamanho e peso e contribuindo para o item seguinte;

5-      Baixo custo: Ninguém gosta de meter a mão no bolso;

6-      Opção para 80, 40 e talvez 20 metros. O estágio de potência RF poderá ser replicado para cobrir mais bandas, sendo comutado por inteiro. Mas o aparelho monobanda pode ser botado no ar sem mais nada além de um cristal de quartzo, microfone e antena.

Alguns desses itens demandam solução de compromisso: Não se pode ter simplicidade extrema, custo baixo, desempenho ótimo e um monte de recursos, tudo ao mesmo tempo. Escolhi um meio termo, e procurei manter as premissas acima utilizando um número razoável de peças e circuitos, inicialmente apenas para a faixa de 40 metros.

Texto e esquemas atualizados em 29/03/2013.

SupermouseParte1.pdf  ( Artigo completo em PDF )

SupermouseParte2.pdf  ( Esquema do Supermouse)

P-CAD_EDA_-_Sheet1.pdf  ( Esquema do Supermouse)

P-CAD_EDA_-_Sheet2.pdf ( Esquema do Supermouse)

 

ListaMaterial_1.txt  ( Lista de Material )


73 de Saulo - PY2KO